O exame nacional do ensino médio, é uma importante avaliação aplicada a todos aqueles que querem testar os seus conhecimentos, tanto estudantes do ensino médio, como aqueles que já concluíram os estudos.

Informações para quem deseja se inscrever no Enem

É preciso efetuar as inscrições para o Enem, através do site oficial: www.enem.inep.gov.br. Este ano as inscrições dos participantes foram realizadas nos dias 6 a 17 de maio.

Para quem já realizou o exame antes, sabe exatamente como funciona. Mas para muitos, será a primeira vez. A inscrição para o Enem não é gratuita.

Existe uma taxa fixa de 85 reais, que é utilizada para arcar com parte dos custos de confecção das provas, como afirma o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira (Inep).

1.O candidato deve acessar o site www.enem.inep.gov.br, e informar o seu CPF, a data de nascimento e as imagens de validação solicitadas.

2.Na primeira página do sistema do Enem, o participante deve conferir alguns dados pessoais, como CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe e preencher outros dados, como:

– Sexo, cor, raça, número da identidade, órgão expedidor, UF, estado civil, nacionalidade e município de nascimento. Na mesma página, é preciso informar o CEP do endereço onde o candidato mora.

 3.Atendimento especial: é destinado para aqueles estudantes que possuem algum tipo de deficiência:

– Baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência mental, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou qualquer outra situação pessoal, que caracterize a necessidade de atendimento especial.

– Atendimento específico: gestantes, lactantes, idosos e estudantes em condição de internação hospitalar.

Caso o candidato não possua nenhum desses problemas, basta clicar em não e seguir para próxima tela. Mas se o candidato precisa de atendimento especial, deve enviar em anexo os documentos que comprovem a limitação.

4.Confirmando as informações: a próxima etapa é somente para confirmação dos dados fornecidos ao sistema. Revise com atenção todos eles e clique em continuar.

5.Escolhendo a Língua Estrangeira na prova do Enem: para preencher essa etapa do cadastro, deve-se redobrar a atenção, pois as informações adicionadas não poderão ser alteradas depois.

Trata-se de o participante optar por um dos dois idiomas: inglês ou espanhol, para a prova de Linguagens, Códigos e suas tecnologias. Basta confirmar os dados e prosseguir.

6.Nível de escolaridade: esta etapa também deve ser preenchida com atenção, já que não poderá ser mudada mais tarde. Basta indicar se já terminou o ensino médio, ou se ainda está cursando em escola pública ou privada;

Os estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas que informarem tal situação no site, ganharão possivelmente a isenção da taxa de inscrição do Enem, mesmo não tendo solicitado a isenção no mês de abril.

Os alunos que estão concluindo o ensino médio em 2019, poderão utilizar as notas do Enem para inscreverem-se no SISU, ProUni e FIES. Aqueles que ainda estão cursando o primeiro e segundo ano do ensino médio, poderão fazer a prova como treineiros.

7.Questionário: nesta etapa, o jovem deve preencher dados de sua família e dados pessoais. As respostas ficarão no banco de dados do Inep.

8.Senha e login: para acompanhar todos os resultados no site, o estudante deve cadastrar um login e uma senha no site do Inep, para consultar quando quiser.

Quem pode pedir isenção do pagamento da taxa de inscrição do Enem

– Estudantes matriculados no terceiro ano do ensino médio, em escola pública;

– Aqueles que obtiveram o certificado do ensino médio através do Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos – Encceja;

– Cidadãos que possuem o benefício regido pela Lei 12.799/2013, onde diz que os estudantes de escolas públicas ou bolsistas integrais em colégios particulares tenham uma renda familiar de até um salário mínimo e meio.

– Inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, (CadÚnico), possuindo uma renda familiar de um salário mínimo por pessoa, ou renda total de até três salários mínimos.

– Caso algum participante do Enem deseje cancelar a sua inscrição, basta não pagar a taxa de inscrição, e ele será automaticamente excluído. Se o pagamento da taxa já tiver sido feito, ele não poderá ser ressarcido.

Dicas finais

No mais, o estudante que confirmar a sua presença no dia do exame do Enem, deve atentar-se para todas as particularidades que envolvem as provas.

A rotina de estudos deve ser bem estabelecida, para que o indivíduo não só estude, mas também tenha momentos de lazer com a família e os amigos.

Estudar por muitas horas seguidas não garantirá a aprovação no Enem, mas pode trazer uma estafa mental e corporal muito grande. Revisar as matérias, empenhar-se nos estudos e memorizar o conteúdo é importante, mas não mais do que a própria saúde.

É preciso evitar alimentos que sejam gordurosos, pesados, indigestos, repletos de conservantes ou ingredientes que façam mal à saúde. Beber pelo menos dois litros de água por dia e praticar exercícios físicos, é o ideal para a rotina de qualquer pessoa.

Troque informações relevantes sobre o conteúdo estudado com outros participantes do Enem, faça simulados das versões anteriores da prova, concentre-se em entender o conceito da matéria, e não em decorar fórmulas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui