Escolher um curso superior não é uma tarefa fácil. Decidir qual será o futuro profissional para toda a vida, é uma decisão a ser pensada e repensada várias vezes.

Se você já se inscreveu para o Enem 2019, mas ainda não tem ideia de qual curso escolher, fique tranquilo! Vamos dar dicas para você escolher um curso superior de acordo com o seu perfil profissional!

Equilíbrio entre a razão e a emoção

Quando um (a) jovem está concluindo o ensino médio, todos a sua volta já começam a cobrá-lo de maneira inconsciente, sobre o curso superior a ser escolhido no futuro.

Essa situação pode ser por um lado benéfica, trazendo clareza a respeito do futuro profissional, mas por outro, pode ser um peso nos ombros de um jovem imaturo que ainda não sabe direito o que deseja para sua vida profissional.

A razão muitas vezes diz para seguir os passos dos pais, escolhendo um futuro estável, seguro e certeiro. A emoção por sua vez, pede que esta escolha seja feita na preferência pessoal, na vocação que cada um nasceu para atuar.

Como sair desse dilema?

Cada estudante deve primeiro se conhecer bem, saber as suas preferências, onde espera chegar no futuro profissional e principalmente, deixar claro essa decisão.

Liste as suas preferências pessoais

Quais as matérias de que mais gosta? Deve-se analisar profundamente quais os conteúdos estudados na escola, que mais despertam o seu interesse: área de humanas, exatas ou biológicas?

Considere as suas habilidades e dificuldades pessoais

No processo do autoconhecimento, não basta considerar somente as habilidades positivas. Deve-se avaliar como um todo os pontos fracos e fortes individuais.

Trace metas para curto, médio e longo prazo

Estabelecendo-se metas fica mais fácil saber onde se quer chegar profissionalmente, bem como as expectativas em relação ao próprio futuro.

Analise o mercado de trabalho

Algumas profissões simplesmente deixarão de existir daqui a um tempo. Outras áreas profissionais tiveram que sofrer adaptações para continuarem na ativa.

A tecnologia alterou a forma de trabalho de muitas profissões, e aqueles que não entendem isso, infelizmente perdem campo.

Pesquise a fundo sobre o curso desejado

Faça uma lista de todos os cursos que mais interessaram, mesmo que sejam de áreas diferentes. Procure saber quais as faculdades disponibilizam o curso desejado, quanto tempo de estudo, se possui aprovação e selo do MEC, e entre outros.

Se possível, converse com pessoas que já trabalham na área desejada para conhecer de perto a rotina da profissão, os pontos negativos e positivos, e se deseja mesmo seguir por esse caminho.

Bolsas de estudo integrais, parciais e financiamento estudantil

Essa parte, que não é menos importante, deve também ser analisada com calma. No Brasil, mais de 500 faculdades aceitam as notas obtidas no Enem como forma de vestibular.

Outros cursos aceitam bolsas de estudo parciais e integrais, como o ProUni, Sisu e Fies. Deve-se então analisar as finanças de cada um e verificar as condições de pagamento do curso, se serão feitas usando-se bolsas de estudo ou financiamento.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui