Enem: Estratégias argumentativas e discursivas para Redação

Está próximo de um dos grandes processos seletivos da vida de muitos brasileiros. O Enem está chegando. O nervosismo e ansiedade realmente aumentam! Como se sair melhor do que uma gama imensa de participantes da maior prova de vestibular do País?

A calma, foco e esforço é imprescindível para um momento decisivo como esse. Entretanto, aqui vai uma pergunta fundamental para sua aprovação no Enem: Como estão as suas estratégias discursiva-argumentativa, para a Redação?

Tendo em vista a necessidade de se sair bem nesta parte escrita, criamos o artigo de hoje para te dar dicas fundamentais para o tópico de Redação no Enem.

Vamos lá!

A importância da estratégia argumentativa na Redação do Enem

Em muitas das universidades espalhadas pelo país, é comum dar um peso maior para a parte da Redação no Enem. Algumas dessas faculdades põe peso 3, para esta parte dissertativa-argumentativa. O que não está tão errado assim.

É inegável a importância da escrita argumentativa, na vida de qualquer graduando. Para chegar até a faculdade, você precisará aprender por em pautas dissertativas-argumentativas, suas filosofias, teses e até mesmo dados.

Como você mesmo sabe, a prova do Enem é feita de 5 tópicos de conhecimento:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Redação

A Redação é um ponto tão importante aos olhos dos educadores e o próprio Mec (Ministério da Educação), que existe toda um “tópico de pontuação” voltado apenas para isso. Vendo a importância da Redação do Enem, você não vai dar mole, certo? Vamos aos estudos!

Como escolher a tese para a redação do Enem?

Geralmente, sua tese será o primeiro parte a escolher em sua redação. A partir da tese, será escolhido qual tipo de argumentação-dissertativa será usada.

Pense não só em um tese forte, mas uma teoria em que você consiga defender com argumentos coesos, dados significativos e até pensadores da área.

Logo, se ao seu ponto de vista você pensar em duas teses distintas, escolha aquela que tenha os melhores dados e embasamentos de acordo com o que você lembrar na hora. Mesmo que uma outra tese seja aparentemente mais forte (em relação ao tema de debate), lembre-se que o mais importante é sua teoria ter base argumentativa, com referências e dados significativos.

Na sua Tese e Redação, deverá conter uma apresentação e defesa de seu ponto de vista usando elementos coerentes de argumentação. Não esqueça de gerar para sua tese, uma elaboração de uma proposta de intervenção social que respeite os direitos humanos.

Tipos de estratégia argumentativas para o Enem

É importante você gerar sua estratégia em uma folha de rascunho, antes de escrever a Redação. Nela, você precisa pontuar tanto qual será sua linha de raciocínio, como a técnica argumentativa que será usada.

Existem maneiras de convencimentos, tanto no debate de ideias falado, como no debate de ideias escritas. Hoje o ajudaremos a perceber os três principais tipos de estratégias argumentativas e como isso pode ser usado a seu favor:

  • Argumento Concreto: esse tipo de argumento é uma prova cabal do que está sendo dito pelo autor e trata-se de dados estatísticos oriundos de pesquisas confiáveis, fatos reais que comprovam a tese do autor, textos legislativos (leis de todas as instâncias) etc
  • Argumentos Lógicos: já esse tipo de argumento é oriundo de um raciocínio lógico que estabelece relações de sentido racionais, como por exemplo, comparações, causa e efeito, deduções, hipóteses, inferências etc.
  • Argumento Autoritário: esse tipo de argumento traz uma citação de uma autoridade, de um especialista sobre o tema abordado pela proposta de redação que pode ser um pesquisador, um professor, um profissional formado na área ou imerso no tema etc.

É preciso perceber o momento certo de usar cada estilo estratégico de argumentação. Não há uma fórmula de bolo neste caso. Entretanto, ao estudar e praticar cada vez mais a redação, você saberá o momento exato de colocar cada estratégia em seu lugar.

Como estudar a discursiva para a Redação do Enem?

Você pode ser um exímio escritor, dominar gramática e as estratégias argumentativas. Se você não estiver antenado nos temas atuais, não conseguirá uma boa pontuação na Redação.

Para se alcançar uma nota próxima ao tão sonhado 1000 pontos, você precisará se informar sobre as questões Mundiais de maneira diária. A internet pode ser uma grande ferramenta para você saber tudo o que se passa no Planeta, mas nós daremos algumas outras dicas:

  • Livros
  • Revistas
  • Jornais
  • Debate direto
  • Troca de informações
  • Portal de notícias
  • Pautas sociais
  • Crises Mundiais e suas saídas

Apenas com o estudo e informações diárias, você conseguirá discursar com facilidade, sobre assuntos emergentes. Está preparado? Ainda dá tempo!

Enem: A necessidade de uma boa interpretação

Toda prova do Enem se baseia em uma Raiz muito notável: Você precisa saber interpretar textos de variados temas, estrutura e profundidade.

O Enem apresenta diversas “pegadinhas” e respostas em suas perguntas e até mesmo nos textos incentivadores para se fazer a redação.

Você só conseguirá uma boa nota, caso foque em ter uma interpretação louvável. Isso fará toda a diferença na hora de produzir sua argumentação-discursiva. Caso ainda não domine esse saber, busque ler livros e notícias. Só a prática de leitura lhe trará a facilidade na interpretação.

Coesão: Dica para o Enem

A redação do Enem não se trata sobre falar muito, mas sim dialogar de maneira coesa. Coesão, é uma unidade lógica, coerência de um pensamento, de uma obra ou Tese. Para isso, você precisa apresentar seus pensamentos de maneira crescente e organizada. Frases confusas e lógicas sem nexo, trará um peso negativo enorme para sua argumentação-discursiva.

Evite inventar. Antes de passar sua Redação a limpo para a prova, busque ler todo o texto na intenção de revisar erros, gramaticais, de estrutura e de coesão.

Se posicione: A estratégia da discursiva

Faz parte de toda redação escrita, um posicionamento bem visível sobre o tema em questão. Não invente de ficar em cima do muro, isso é péssimo aos olhos de quem corrige!

Na hora de pensar suas estratégias e dados, adeque sua posição com as informações que você tem. Sem dúvidas, isso é uma das partes mais necessárias em ser percebida na sua dissertação.

Mostre o problema de sua tese, a necessidade de se resolver, seu posicionamento sobre o assunto, mas não só isso! Aponte também saídas e soluções para o problema exposto.

Qual é a estrutura necessária para a argumentação-discursiva do Enem

Um ponto importante na hora de você gerar a argumentação-discursiva de sua Tese, é entender a estrutura requerida no seu texto. Assim como em qualquer Redação, a banca de correção do Enem, cobra que seu artigo tenha uma estrutura lógica:

  • Introdução
  • Argumentação
  • Finalização

Estes três pontos devem ficar visíveis em seu texto dissertativo-argumentativo. No primeiro parágrafo, introduza o tema da redação e sua Tese. Nos dois ou três próximos parágrafos, escreva suas argumentações, debata e convença seu leitor a entender e obter seu ponto de vista. No mais, finalize sua redação levantando novamente suas tese e criando saídas para extinguir o “problema”.

Por fim, tornou-se visível a necessidade de estudar estratégias discursivas-argumentativas para sua Redação no Enem. Busque se inteirar sobre as pautas sociais e notícias do cenário global.  Pense nas melhores e em quais momentos usar as técnicas argumentativas. Melhore sua interpretação de texto e lembre-se sempre de manter a coesão e posicionamento de seu texto.

Quer saber como melhorar sua Redação para o Enem? Vem com a gente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui