O conceito de estatística básica é definido como: um conjunto de técnicas e métodos de pesquisa que usam tópicos, planejamento do experimento, coleta dos dados, processamento e análise das informações.

Parece confuso? Vamos exemplificar melhor ao longo deste artigo.

Para que serve a estatística – conceito

A estatística nada mais é, do que uma ciência que estuda e trabalha com probabilidade. Baseada nas regras da matemática, ela serve para fazer previsões, coletar amostras, utilizar conceitos estratégicos e de álgebras a fim de prever resultados.

Uma das muitas funções que a estatística básica possui, é a de estudar os fenômenos naturais, econômicos e sociais. Quem trabalha diretamente nesta área, é chamado de estatístico.

A matemática possui várias vertentes e áreas de atuação, dando assim a possibilidade de trabalhar e se especializar em nichos diversos, conforme a necessidade da sociedade.

Como interpretar, e quais são as aplicações da estatística básica

Para facilitar o entendimento, vamos pensar nas diversas áreas em que são aplicadas a estatística básica:

– Em qualquer profissão, é preciso mensurar os dados do seu público-alvo, como os médicos, professores, advogados, cientistas, biomédicos, corretores, escritores, e etc.

Cada área profissional precisa saber por exemplo, quantas mulheres e homens utilizam mais certos produtos e serviços, a faixa etária destas pessoas, e entre outros.

Quais as informações inseridas nas estatísticas?

As variáveis inseridas nas estatísticas básicas podem ser quantitativas ou qualitativas.

*Quantitativas (podem ser discretas ou contínuas): apresentam valores reais de quantidade (10, 20 ou 30 pessoas que utilizam determinado serviço; custo de um produto);

*Qualitativas: onde moram e quais os hábitos dos clientes de determinada empresa;

Assim, se você se deparar com uma questão de estatística básica em uma prova, vestibular ou concurso, lembre-se que elas irão comparar dados e apresentar informações relevantes sobre o problema apresentado.

*Dados sobre a população: indivíduos, itens, objetos, cidades onde moram etc;

*Estatística básica para pesquisa de mercado: requer a apresentação de alguns dados específicos, como coleta e tipos de dados, população e amostra probabilística (probabilidade), variáveis escalares, distribuições de frequências e entre outros.

*Frequência relativa: na estatística, esse termo significa o número de observações de cada variável dividido pelo número total destas observações, chegando-se a um único resultado.   

Todas essas informações são levadas em conta, na hora de projetar uma estatística, seja ela em qual área for.

Existem certas disciplinas que fazem parte dos estudos da estatística, são elas:

– Bioestatística;

– Controle de qualidade;

– Contabilometria;

– Estatística física;

– Estatística comercial;

– Estatística econômica;

– Estatística populacional;

– Estatística engenharia;

– Geoestatística;

– Estatística social;

– Pesquisa operacional;

Todas as ciências exercem papéis extremamente importantes na sociedade, sejam elas diretas ou indiretas. Os estudantes, indivíduos ou cidadãos, devem estar por dentro de todo esse conhecimento, pois faz parte do nosso cotidiano.

A matemática nos leva a pensar, calcular, prever e raciocinar, sobre tudo o que acontece à nossa volta, baseando-se em números precisos, contas simples ou complexas, mas que nos levem a entender, ter o controle de tudo o que conhecemos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui